Select Menu

Slider

Teste Menu 1

Os anos 2000 foram marcados pelos mais diversos filmes de terror, entre eles “O Chamado” que trazia como personagem principal a temida Samara.

O fato, é que a personagem ganhou tanto destaque no filme por sair das TVs amaldiçoadas das pessoas, que se tornou uma espécie de ícone do terror.
E claro, muitos tem curiosidade de saber, como a atriz e cantora Daveigh Chase, se encontra hoje. Para quem não sabe, por muitos anos ela foi esquecida de Hollywood por conta deste personagem marcante. No entanto, ela ficou nisso mesmo, apesar de algumas dublagens e participações em séries de terror, Daveigh não voltou a deslanchar na carreira de atriz.
Hoje com 24 anos de idade, ela se tornou o oposto de Samara, já que é um verdadeiro mulherão, e muito bonita por sinal.

-
Os PATs de Ourinhos e Marília (SP) estão com vagas de empregos abertas. Para se inscrever em uma das vagas basta levar ao PAT o número do PIS, CPF, RG, carteira de trabalho e comprovante de residência. 
Em Ourinhos são oferecidas vagas de analista de recursos humanos, auxiliar e escritório, desossador, enfermeiro, mecânicos e outras. Já Marília oferece vagas de balconista, lavadora de roupa, folguista em drogaria, cozinheira e outras. Além das vagas exclusivas para portadores de deficiência, como auxiliar de almoxarifado, auxiliar de limpeza e operador de caixa.
Para dar entrada no seguro desemprego, mediante agendamento, os documentos necessários  são PIS, CPF, RG, carteira de trabalho, comprovante de residência, requerimento do seguro desemprego (via verde e marrom), via do termo de rescisão e homologação, comprovante do saque do fundo de garantia, carteira de habilitação se possuir, 3 últimos holerites.
O PAT de Ourinhos fica na rua Monsenhor Cordova, 218 , no Centro de Ourinhos  (SP). Os telefones para contato são (14) 3322-5000,  (14) 3322-2211, (14) 3322-5149 e (14) 3322-5952 (PAT).
O PAT de Marília fica na avenida Carlos Gomes, 137. O telefone para contato é o (14) 3433-3469.
Confira as vagas
Ourinhos
- Ajustador de mecânico
- Analista de recursos humanos
- Auxiliar de escritório
- Auxiliar de financeiro
- Auxiliar de padeiro
- Auxiliar de técnico de refrigeração
- Costureira
- Desossador
- Eletricista de instalações de autos
- Eletricista industrial
- Eletricista
- Empregada doméstica arrumadora
- Encarregado de eletricista
- Enfermeiro
- Esteticista
- Faxineira
- Gerente de recursos humano
- Jardineiro
- Lavador de veículos
- Manicure
- Marmorista
- Mecânico de automóvel
- Mecânico de autos líder
- Mecânico de bicicletas
- Mecânico industrial
- Mecânico líder de tratores e implementos
- Montador de andaimes
- Motorista de caminhão
- Oficial de serviços gerais
- Operador de caixa
- Operador de caldeira
- Operador de pesagem
- Operador de processo de produção
- Pedreiro
- Professor de inglês
- Recepcionista secretária
- Representante comercial autônomo
- Retireiro
- Servente de obras
- Tapeceiro de móveis
- Técnico de enfermagem do trabalho
- Técnico de refrigeração
- Técnico em açúcar e álcool
- Técnico em nutrição
- Tratorista agrícola (Guincheiro)
- Vendedor de comércio varejista
- Vendedor em domicílio
- Vendedor interno
- Vendedor no comércio de mercadorias
- Vendedor pracista, com CNH “A”
- Zeladora

Marília
- balconista
- cozinheira geral

- empregado doméstico
- farmacêutico
- folguista em drogaria
- lavadora de roupa
- montador de andaimes (edificações)
- operador de retro-escavadeira 
- salgadeira
- vendedor de consórcio

Vagas exclusivas para portadores de deficiência
- auxiliar de almoxarifado
- auxiliar de limpeza
- operador de caixa

O Ministério Público Federal, em Marília (SP), pediu à Justiça que obrigue o estado e a União a fornecerem o canabidiol, um medicamento derivado da maconha, a seis crianças e um adolescente, portadores de doenças neurológicas.
Os sete menores precisam do remédio para controlar as graves crises convulsivas. As famílias não têm dinheiro para importar o canabidiol. Em janeiro, a Anvisa liberou o uso, mas como a substância não pode ser produzida no país, a importação é muito cara.
O procurador da república Jefferson Aparecido Dias, autor da ação, pede que o tratamento seja fornecido pela Secretaria de Saúde do Estado em 10 dias e que o Ministério da Saúde arque com os custos. Em caso de descumprimento, a multa diária seria de R$ 1 mil.
O procurador ressalta que o fato de o medicamento ainda não ser registrado na agência não configura empecilho para o seu fornecimento, tendo em vista que o direito à saúde e à vida são fundamentais. Além disso, o canabidiol já foi aprovado em outros países por órgãos governamentais similares à Anvisa, e as pessoas que o utilizam têm obtido benefícios incontestáveis. Apesar disso, de acordo com a ação, o o poder público estaria negando o acesso das crianças e do adolescente ao tratamento adequado de que necessitam.
-
É bom ficar atento às oportunidades que surgirão em breve. A Prefeitura Municipal de Garça está preparando mais um concurso para preencher 34 cargos.
A Portaria Nº 27.598/2015, já nomeou a Comissão Organizadora que agora começa a preparar o concurso. As inscrições devem acontecer no mês de abril.
A novidade deste ano, é que o concurso será cobrado com preços compatíveis às funções. Esse novo modelo, deve-se a lei 4.975/2015, aprovada pela Câmara Municipal de Garça que retirou a gratuidade dos concursos.

Confira as vagas:



A primeira pesquisa sobre o governo depois dos protestos de 15 de março mostrou que a grande maioria dos brasileiros reprova a gestão de Dilma Rousseff. Segundo levantamento do instituto Datafolha, publicado nesta quarta-feira pela Folha de S. Paulo, 62% dos entrevistados classificam o governo Dilma como ruim ou péssimo. Com os indicadores econômicos batendo recordes negativos e a insatisfação popular com a corrupção tomando as ruas, a reprovação à presidente subiu 18 pontos desde a última pesquisa, há pouco mais de um mês. O número também representa a mais alta taxa de desaprovação a um governante desde setembro de 1992, quando Fernando Collor era rejeitado por 68% dos brasileiros nas vésperas do impeachment.

O Datafolha também indicou que a popularidade de Dilma despencou dez pontos: apenas 13% dos brasileiros consideram o governo da presidente bom ou ótimo. É a pior taxa de aprovação desde que Dilma assumiu a presidência, em 2011. O levantamento apontou ainda que 24% dos eleitores avaliam a gestão de Dilma como regular.

Segundo o Datafolha, a popularidade da presidente caiu até em tradicionais redutos petistas. No Nordeste, onde Dilma conseguiu uma grande votação em 2014, apenas 16% aprovam o seu governo. Pela primeira vez, a maioria dos eleitores com menor renda e menor escolaridade ouvidos pelo instituto avaliou a gestão da governante como ruim ou péssima.

A pesquisa ouviu 2.842 eleitores nos dias 16 e 17 de março, logo depois das manifestações que levaram quase 2 milhões de brasileiros às ruas contra o governo Dilma e o PT. A margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Congresso - Atingido em cheio pela Lava Jato, o Congresso Nacional também amarga uma péssima avaliação no Datafolha. Somente 9% dos entrevistados consideram o desempenho dos parlamentares bom ou ótimo. Para metade dos brasileiros (50%), a atuação dos congressistas é ruim ou péssima.
Veja
- -
Reinaldo Gottino ancorou a cobertura da Record - Divulgação


O staff do Governo Federal em Brasília, principalmente aqueles que cuidam da comunicação, estranharam a extensa cobertura daRecord sobre as manifestações de domingo (15).

A emissora paulista foi a que mais deu destaque para as cercas de 2 milhões de pessoas que foram para as ruas em todo o Brasil, principalmente em São Paulo. Foram várias horas com o plantão durante a tarde, comandado por Reinaldo Gottino, que retiraram boa parte do "Domingo Show", de Geraldo Luís, e fizeram com que Rodrigo Faro, dentro de seu "Hora do Faro", entrasse ao vivo no domingo, o que não é comum, para chamar o jornalismo quando necessário.

Segundo a revista Veja, o Governo estranhou o fato porque a Record sempre foi a emissora que mais cresceu e recebeu verba publicitária desde o começo do governo do PT, em 2002, além de ser da Igreja Universal, que tem o PRB como seu partido político, e este apoia o governo.

A Record, pelo menos, conseguiu uma boa audiência com a cobertura. Segundo dados consolidados, a emissora paulista marcou 11 pontos de média e foi vice-líder, além de ter ficado durante vários momentos em primeiro lugar.
-
Ex-Jogador Ronaldo durante manifestação em SP
No último domingo (15), muita gente saiu às ruas do Brasil para protestar contra o governo, mas também ficou na frente da TV.

Na média-dia, das 07h à meia-noite, 49,9% dos aparelhos estavam ligados na Grande SP. Este é o maior índice desde junho de 2011, em um dia normal de inverno em que a TV alcançou o mesmo índice. Com informações da coluna Outro Canal.

A ampla cobertura dos protestos na TV aberta e jornalísticos da TV paga conseguiu arrebatar mais plateia que um dia de Copa do Mundo. A abertura do Mundial, no dia 12 de junho do ano passado, registrou share de 46,2%, com jogo do Brasil.

Normalmente, os domingos costumam registra cerca de 40% de televisores ligados na Grande SP.

A Globo teve média-dia de 14,1 pontos no último domingo, com cerca de 1h10 de cobertura das manifestações. Normalmente, sua média é de 13 pontos.

A Record foi a emissora aberta que mais investiu no jornalismo e dedicou 3h26 aos protestos, inclusive interrompendo os programas "Domingo Show" e "Hora do Faro", conquistando 9 pontos de média - um a mais que o habitual.

Já a RedeTV! cobriu ao vivo cerca de 2 horas das manifestações, enquanto Band ficou com 39 minutos e SBT, 45.

Na TV paga, Globo News e Record News dedicaram mais de 10 horas sobre o assunto.
-
Na noite desta terça-feira (17), foi ao ar mais um paredão do “BBB15″. A disputa ficou entre Cézar, indicado pelo Líder Fernando, e Rafael indicado pelos votos da casa (Mariza e Adrilles que tinha direito de voto duplo). 

 O público decidiu e Rafael foi eliminado com 77% dos votos. O rapaz de 21 anos, enfrentava o seu primeiro paredão no programa e sua trajetória foi marcada por momentos de raiva e fúria, e também pelo romance caliente com Talita, que já foi eliminada da atração. Rafael por vezes acabou embaixo do endredom com Talita com que teve um romance desde os primeiros dias de confinamento.
-
O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou o ex-candidato do PRTB à Presidência da República Levy Fidelix ao pagamento de 1 milhão de reais, por danos morais, em decorrência de declarações controversas sobre o casamento gay durante debate eleitoral no ano passado.

 Na ocasião, Levy afirmou que "aparelho excreto não reproduz" e chegou a associar homossexualidade a pedofilia. A ação contra o político foi aberta pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo e o dinheiro deve ser estinado a ações de promoção de igualdade da população LGBT. Cabe recurso.

 A assessoria de imprensa de Fidelix informou que ainda não tem um posicionamento sobre a sentença. Já a defesa do ex-candidato à Presidência da República informou que não recebeu nenhuma intimação e que não conhece o teor da sentença. 

(Com Agência Brasil)
-