Select Menu

Slider

Teste Menu 1

Sessão extraordinária destinada a continuar as votações da PEC da maioridade penal na Câmara dos Deputados - 01/07/2015(Gustavo Lima/Câmara dos Deputados)
Em uma decisão histórica, embora reversível, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira uma proposta que permite a punição criminal de adolescentes a partir dos 16 anos em casos de crimes graves. O resultado da votação é uma vitória pessoal do presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) - que, sob protestos do PT e de outros partidos contrários à medida - reverteu a derrota de uma proposta semelhante ocorrida menos de 24 horas antes. Houve 323 votos favoráveis, 155 contrários e duas abstenções. 

 O texto aprovado é um pouco mais brando do que o rejeitado na madrugada desta quarta, o que foi suficiente para que alguns parlamentares passassem a apoiar a redução e a emenda apreciada ultrapassasse o mínimo necessário de 308 votos. A proposta mantém a redução da maioridade nos casos de crimes graves contra a vida, como homicídio, estupro, sequestro, lesão corporal seguida de morte e exploração sexual infantil. A mudança em relação ao texto anterior significa que os adolescentes de 16 e 17 anos que praticarem tráfico de drogas, roubo qualificado, tortura, lesão corporal grave e terrorismo não serão mais incluídos no sistema criminal: para eles, valerá a regra atualmente em vigor.
Veja


-
Depois das ofensas que sofreu do jornalista Ricardo Boechat, âncora do “Jornal da Band”, no último dia 19, Silas Malafaia disse que iria reclamar com o dono da Band, Johnny Saad. A direção da emissora, no entanto, conversou com o pastor para tentar colocar panos quentes no caso.
Porém, cliente da Band – onde aluga horários – , Silas Malafaia viu suas reclamações feitas à cúpula do canal depois das ofensas feitas por Ricardo Boechat, surtindo efeito. O pastor terá uma espécie de direito de resposta na Band News. É o que informa o jornalista Lauro Jardim.
Malafaia irá participar de uma longa entrevista na rádio para expor seu ponto de vista. O entrevistador, claro, não será Boechat.

-
Vítima conduzia um Prisma pela Rodovia Assis Chateaubriand.
No veículo também estava um homaem que foi socorrido em estado grave.

Uma mulher de 28 anos morreu, após um acidente no km 392 da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Parapuã, por volta das 13h desta segunda-feira (29). De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, o veículo que ela conduzia, um Prisma, colidiu de frente com um caminhão.

Segundo a ocorrência, no carro, com placas de Uberlândia (MG), estavam a vítima fatal e seu pai, que não teve a idade divulgada. Eles seguiam no sentido Parapuã-Presidente Prudente e o outro veículo transitava no sentido oposto.

Após o acidente, a motorista, que ficou presa nas ferragens, foi levada em estado gravíssimo para o Pronto Socorro de Parapuã, mas não resistiu e morreu na unidade. Já o homem, com ferimentos graves, foi encaminhado para a Santa Casa de Osvaldo Cruz.
O condutor do caminhão nada sofreu.
A perícia foi acionada no local e um laudo deve apontar as causas exatas da colisão.

Fonte: G1 Prudente
-
O agente penitenciário A.L. de C., de 45 anos, morador em Presidente Prudente, que estava indo trabalhar em Paraguaçu Paulista, morreu após acidente ocorrido na Rodovia Homero Severo Lins (SP-284), no município de João Ramalho (SP), por volta das 5h desta segunda-feira dia 29. Segundo informações fornecidas pela 2ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, a vitima transitava com uma moto que foi atingida por um caminhão que estava descontrolado.

O caminhão Volvo/VM 260 6X2R, placas de Pilar do Sul (SP), era conduzido por um motorista de 23 anos no sentido Quatá (SP) a Rancharia (SP) e no quilômetro 500 mais 300 metros, por motivos a serem esclarecidos pela perícia, cruzou a rodovia, chocou-se contra um barranco a sua esquerda, retornou para a faixa de trânsito e colidiu frontalmente contra uma Honda CG 150 Fan ESI, placa de Presidente Prudente (SP), que transitava no sentido contrário.

Devido o forte impacto, A.L. de C., 45 anos, que conduzia a moto morreu no local. O motorista do caminhão de 23 anos, morador em Pilar do Sul (SP), saiu ileso do acidente. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Civil de João Ramalho (SP), onde o delegado de plantão determinou a elaboração do RDO e acionou a Polícia Cientifica que compareceu no local.
Fonte: Bastos Já
-
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou, nesta sexta-feira (26), reajuste de 7,708% nas tarifas de ônibus interestaduais e internacionais, em percursos de longa distância. O aumento vale a partir do dia 1º de julho.
De acordo com a resolução publicada nesta sexta-feira (26) no “Diário Oficial da União”, o reajuste não se aplica ao transporte rodoviário interestadual e internacional semiurbano (ou seja, que não é de longa distância). Isso será “determinado em ato específico”, diz a agência.
A autorização do aumento foi dada diante “da necessidade de manter o equilíbrio econômico-financeiro das permissionárias e autorizatárias do transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros”, de acordo com a resolução da agência.
A ANTT divulgou os novos valores, listando os coeficientes tarifários (CT) em R$ por passageiro (acesse a resolução do “Diário Oficial” aqui), que devem ser multiplicados pelos quilômetros percorridos. Por exemplo, para o transporte interestadual com serviço convencional (com sanitário), com pavimento tipo I (há vários tipos, como pavimentado, implantado ou leito natural), o coeficiente é de 0,152425.
Para se chegar ao valor da passagem, por passageiro, deve-se multiplicar a distância da linha pelo valor constante na tabela, levando-se em consideração o tipo de pavimento e o tipo de serviço. Após esse cálculo, ainda são adicionados a tarifa de embarque específica do terminal, o ICMS estadual incidente sobre a tarifa e o rateio do pedágio, quando houver, por passageiro.
Já o coeficiente tarifário é calculado com base no índice de reajuste do óleo diesel, do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e do Índice de Preços ao Consumidor – Amplo (IPCA). Sobre ele incidem impostos, tarifas de pedágio cobradas em rodovias cedidas em concessão para a definição do preço final da passagem paga pelo usuário do serviço, de acordo com a ANTT.
Em 2014, reajuste foi de 4,792%
Em 1º de julho do ano passado, a ANTT autorizou reajuste de 4,792% nas tarifas de ônibus interestaduais e internacionais.
Em 2013, a ANTT chegou a adiar o aumento das tarifas após os protestos de junho. As passagens subiram apenas em outubro, quando tiveram um aumento autorizado de 6,981%.
Pelas regras de contrato, a revisão tarifária das viagens de longa distância estava marcada para 1º de julho e a do transporte semiurbano para 1º de agosto. A agência não informou na época, no entanto,  de quanto seria o reajuste.
G1
-
Depois da denúncia de que estariam vendendo meninas como escravas, o Estado Islâmico é agora acusado de usá-las como prêmios de competições de leitura do Corão. De acordo com o ‘Daily Mirror’, foram obtidos relatos e imagens que comprovam a prática.
Segundo o jornal britânico, membros do jihadismo e simpatizantes disputam essas menores de idade na competição. Fontes de segurança iraquianas afirmaram que tudo começou quando milhares de jovens foram sequestradas ao longo dos últimos meses. Além delas, também foram levados cerca de 1.500 meninos, que foram enviados para treinar na luta armada.
“Estas meninas estão sendo tratadas de forma horripilante, exibidas como gado diante dos jihadistas. O fato de haver especialistas para julgar os recitais do Corão mostra a natureza nojenta de sua filosofia. Se por um lado isso mostra sua devoção extrema, revela também a maldade de ser recompensado com uma escrava feminina”, relatou ao ‘Daily Mail’ uma fonte de Defesa do Iraque.
-
O consumidor não encontrará mais as lâmpadas com filamento incandescente de 60 watts para comprar a partir de 1º de julho. Já as de 25 e 40 watts deixarão de ser produzidas em 30 de junho, mas poderão ser comercializadas apenas por mais um ano. As lâmpadas incandescentes acima de 75W e 100W deixaram de ser comercializadas em 30 de junho de 2014.
A mudança atende a cronograma estabelecido pela Portaria Interministerial 1007 dos Ministérios de Minas e Energia, da Ciência, Tecnologia e Inovação e do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior, de dezembro de 2010, que fixou índices mínimos de eficiência luminosa para fabricação, importação e comercialização das lâmpadas incandescentes de uso geral em território brasileiro.
O consumidor tem três opções de lâmpadas domésticas: lâmpadas fluorescentes compactas, lâmpadas incandescentes halógenas e lâmpadas LED. Apesar de mais caras que a incandescente, gastam menos energia e duram mais.
Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux), outra alternativa é substituir o soquete de rosca e instalar conjuntos (luminárias e fontes de luz) mais eficientes como, por exemplo, luminárias com lâmpadas fluorescentes tubulares ou compactas e luminárias com LEDs.
A mudança leva em conta a eficiência energética, principalmente no momento em que o Brasil atravessa uma escassez de chuvas que deixa os reservatórios das usinas hidrelétricas em níveis críticos. “O consumidor brasileiro se adaptou na crise energética de 2001 quando passou a consumir mais fluorescentes compactas do que incandescentes”, diz Isac Roizenblatt, diretor técnico da Abilux.
De acordo com a Abilux, as fluorescentes compactas são quatro a cinco vezes mais eficientes do que as incandescentes, economizam cerca de 70 a 80% de energia para produzir o mesmo volume de luz e têm uma vida de 6 a 10 vezes maior. Já as lâmpadas LED têm uma eficiência de 80 a 90% superior às incandescentes e uma vida de 25 a 30 vezes maior. As incandescentes halógenas têm uma eficiência cerca de 20% maior e cerca do dobro de vida.
Lâmpadas fluorescentes compactas têm uma vida mediana superior a 6 mil horas, lâmpadas a vapor de sódio em alta pressão chegam a uma vida mediana de 32 mil horas e lâmpadas LED podem chegar a uma vida útil superior a 50 mil horas.
G1
-
Filho da cantora Maysa e do empresário André Matarazzo, Jayme Monjardim descobriu recentemente um câncer de próstata. Em entrevista ao “Ego”, o diretor de “Sete Vidas”, que voltou a trabalhar 10 dias após a cirurgia, comentou a reação ao saber do diagnóstico.
“Ninguém reage bem a uma coisa que não é boa. Doença nunca é legal… As pessoas ficam preocupadas, dão apoio. Como em qualquer família, todo mundo se une em um momento delicado como esse. Mas não tenho do que reclamar. Minha família já é muito unida, então não foi essa situação que nos uniu mais”, falou.
Ele também revelou que sentiu medo, já que as células cancerígenas podem se espalhar por outras partes do corpo.
“É impossível não se assustar com esse mal, todo mundo fica preocupado. É uma coisa agressiva, que se espalha. Então é lógico que você fica assustado, querendo descobrir algo que você possa fazer para acabar logo com isso. Mas até agora tem sido tudo bem. Só falta o resultado para ver se terei que fazer radioterapia ou não”, confessou.
Questionado sobre o sucesso de “Sete Vidas”, ele foi categórico ao afirmar que já imaginava: “Você nunca tem certeza de um sucesso, o público é quem escolhe. Mas eu tinha certeza de uma coisa: de que seria uma novela especial. A Lícia (Manzo, autora da trama) escreve muito bem, amarra os diálogos e nosso elenco foi escolhido a dedo”.
-
Uma carta supostamente psicografada pela cantora Cássia Eller foi divulgada na internet e chocou os fãs da artista que morreu em 2001. O Lar de Frei Luiz, localizado no bairro de Jacarepaguá, na zona Oeste do Rio, confirmou a veracidade do texto e disse que não é a primeira vez que uma carta de um artista brasileiro é psicografada no centro espírita.
“Não é a primeira desse tipo que recebemos. Já recebemos do Chorão, do Cazuza… é verdadeira”, disse o presidente do Lar, Wilson Pinto. “O que não é de nosso costume é a divulgação dessas psicografias, é um assunto interno da casa, não deveria ter vazado”.
A carta diz que a cantora sofreu no inferno e detalha cada castigo que ela recebeu por usar drogas.
“Se eu disser para vocês que o inferno existe, acreditem, pois eu estava mergulhada nele, de corpo e alma, num espaço sombrio e frio, bem interno do ser, dos pés à cabeça, sem tempo, sem luz, nem descanso e afogava-me, a cada segundo, num oceano de matéria viscosa que roubava até minha ilusória alegria”, diz trecho do texto.
O castigo que a cantora teria passado no “umbral” acabou e ela despertou no paraíso e foi cuidada pelo cantor Cazuza, seu ídolo, que cuidou de cada uma das feridas que ela passou a possuir durante o tempo que passou no inferno.
Segundo o jornal Extra a carta foi recebida por um médium na noite do dia 7 de maio durante uma reunião para dependentes químicos. A divulgação do conteúdo dessa carta revoltou os fãs da cantora e fez com que muitos internautas falassem contra o espiritismo e principalmente contra a psicografia.
-